Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Ninguém gosta de mim!



Sabe o que eu percebi naqueles que costumam afirmar tais baboseiras de que ninguém gosta delas?
Percebi que tal questão e toda problemática, não reside no fato das outras pessoas não gostarem delas, mas delas mesmas não se gostarem, não se amarem como deveriam e ficam cobrando dos outros, o que caberiam somente a elas, o ‘amor próprio’!
Parece confuso, mas não é, a ideia é muito simples, tem muita gente com dificuldades pra se suprirem de sentimentos básicos dai vivem acreditando que os outros podem suprir suas necessidades básicas do amor próprio, mas como toda ilusão, um dia ela acaba e a pessoa iludida cai na real, onde um relacionamento aparentemente “perfeito” e de longas datas acaba, e acaba quase sempre das piores formas e maneiras possíveis.
É aquela velha mania do ser humano, procurar nas outras pessoas o que falta nelas mesmas, porque qualquer ser humano é fraco, ‘emocionalmente falando’, todos por insegurança acreditamos que a grama do vizinho é sempre mais verde que a nossa, então ninguém consegue ter fé ou pior consegue nutrir tal fé para se fortalecer, fazendo sempre o seu melhor neste mundo, se tornando numa pessoa com muitos valores agregados.
Amor próprio e a autoestima são tudo numa pessoa, eu adoro e amo estar em companhia de pessoas com autoestima em alta, porque elas nos “contagiam” com este sentimento maravilhoso, nos tornando em pessoas autoconfiantes, por estarem sempre de bom humor, nos fazendo acreditar que a vida é muito boa.
De certa forma aprendi a gostar um pouco mais de mim com esse pessoal com autoestima alta, pra elas não existe tempo ruim, e se ninguém gosta delas, foda se, o importante é ser feliz do jeitinho delas.
Não é um pensamento egoístico, na verdade, temos que ser firmes em pensamentos, ter opiniões próprias, afinal de contas se temos firmeza em pensamentos, ninguém pode nos manipular ditando regras, ou mesmo determinando se seremos felizes ou infelizes nesta vida, não teria sentido algum tal condição, pois temos o poder do livre arbítrio adquiridos ao nascermos como um direito, cabendo somente a nós à decisão final, então por que se importar se ciclano, beltrano ou fulano não gostam de você ou de mim?
Foda se, ninguém paga as suas contas e quer saber, se tem alguém neste mundo, muito importante que pode fazer algo por você é VOCÊ MESMA, então relaxe e se da próxima vez alguém virar a cara pra você ou torcer o nariz e atravessar a rua só pra não ter que te encarar mostre o dedinho mal criado e FODA SE todo o resto, AFINAL DE CONTAS VOCÊ É O QUE TODOS NÓS SOMOS, SERES HUMANOS!  
Paulo RK

Nenhum comentário:

Postar um comentário