Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

terça-feira, 17 de março de 2015

Quando os meus pés tornaram os centros das atenções de pervertidos!



Ser humano não tem jeito por natureza, somos naturalmente muito escrotos e muito pior são as taras humanas!
E vai explicar isso para quem não entende nada da vida, ou pelo menos não entendia balofas de ‘taras por pés’, até num belo dia que tive que colocar chinelos para executar um “servicinho” e para variar servicinho sujo, aconteceu comigo recentemente.
Tive que tirar o tênis, para não estragar, e colocar os chinelos, pois o ambiente estava inundado com agua até as canelas.
O que eu não sabia é que as cinco pessoas que se encontravam no local, eram todos podólatras, pessoas com fixação por pés humanos, seja masculinos ou femininos.
Apesar de dizer e afirmar em voz alta que depois do amadurecimento, eu me livrei da timidez, quando na verdade ela vem à tona quando todos os olhares curiosos se fixam em mim de alguma forma.
Quem me conhece pessoalmente sabe que tento ser o mais discreto possível para não chamar a atenção de quem quer que seja, mas às vezes não precisamos fazer tanto barulho para ser o centro das atenções.
Fala sério os meus pés não podem fazer barulho por conta própria, pois eu as controlo rigorosamente, a questão é que elas chamaram atenção das cinco pessoas que estavam no local, naquele fatídico dia em que a tubulação local decidiu romper.
Foi o bastante para eu ficar com vergonha, e querer logo botar o tênis e sair correndo do local, de tanto constrangimento, fala sério, eles secaram os meus pés de tanto olhar!
Não sei se acharam bonito ou feio, mas uma coisa eu digo, poderiam muito bem ter disfarçados com o intuito de não me intimidar com seus olhos pervertidos.
Posteriormente comentei com um dos meus patrões, ele disse que o podólatra é uma forma ou variação pervertida humana de fixação por pés.
Que desgaste emocional, pensei comigo mesmo, quem mandou optar por uma profissão operacional, quando poderia estar blindado, de terno e gravata, longe desses pervertidos sexuais, a me constranger como se não houvesse o amanhã. (risos)
Pelo menos poderiam ter disfarçados, eu próprio tenho muitas taras, mas sou muito discreto e não fixo o meu olhar em ninguém!
Paulo RK  

3 comentários:

  1. Sou um podólatra tarado mesmo e se estivesse lá não ficaria só no olhar não ... acredite ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulão Xará querido, assim você me assusta! kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir