Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

quarta-feira, 16 de março de 2011

Revelação bombástica, a caixa de pandora!


“Dizem que Zeus, o chefão dos deuses do Olimpo, criou a Pandora, a primeira mulher.
E antes de envia-La a Terra, entregou -lhe uma caixa, recomendando, que ela jamais fosse aberta.Dentro dela, os deuses haviam colocado um arsenal de desgraças para o homem, como a discórdia, a guerra e todas as doenças do corpo e da mente, mais um único dom: a esperança.
Vencida pela curiosidade, Pandora acabou abrindo a caixa, liberando todos os males no mundo, mas a fechou antes que a esperança pudesse sair.”


Hoje criei coragem e fui comprar algumas roupas para mim, algumas cuecas, algumas calças, cintos e meias.
Antes quem as comprava, era a minha mãe, e confesso que me senti muito estranho, na loja de roupas masculinas, aliás, loja onde ela própria comprava as minhas roupas.
Estranho, talvez por nunca ter feito isto na minha vida, só o fiz pois ultimamente, tenho prestado mais atenção em mim mesmo.
Apesar de ter todo o privilégio de ser o filho caçula, e sempre ter sido tratado como um rei, hoje percebo o quanto me aparento, um mendigo.
Acho que deveria ter aprendido, algo com a minha mãe, pois ela sempre dizia que deveríamos nos apresentar descentemente, pois é mostrando amor próprio, que demonstramos respeito a nossa própria espécie.
Um fato muito bacana, e que curti muito, foi a simpática vendedora, que me atendeu, e dispensou toda a atenção a minha pessoa, é claro que ela só queria vender, e quanto mais eu comprasse(gastasse), melhor seria para ela.
Mas senti uma certa sinceridade, quando mencionei que era a minha primeira vez, em comprar cuecas, e estava meio constrangido.
Apesar de não ser mais uma criança, a falta de costume, neste quesito me deixou totalmente vermelho, quando ela fez a seguinte pergunta; “que tipo de cueca o “senhor” deseja?”
Como toda reação automática, tentei disfarçar o meu nervosismo, e logo fui revelando a real, de que nunca tinha comprado cuecas na minha vida.
E então a simpática vendedora, ainda brincou, parodiando uma propaganda de um sutiã,aliás muito famosa, que dizia que o primeiro sutiã, agente nunca esquece, no meu caso, a primeira cueca que eu comprei, nunca iria esquecer.
Então ela foi mostrando, os modelos disponíveis, eu na verdade só queria pegar as cuecas , pagar e sair correndo, mas como ela foi simpática, e percebeu o meu constrangimento, resolvi dar um desconto!
Ficou puxando conversa, e para a minha surpresa, uma revelação bombástica ,que como mencionei curti muito, ela vendia roupas para minha mãe, diz que ficava horas conversando.
Com toda a certeza, isso ajudou bastante na escolha das minhas “roupas intimas”, pois ela foi, e pegou justamente o modelo que a minha mãe costumava comprar para mim, tamanho e cor, tudo batia, ela não podia estar mentindo,só para me agradar, pensei comigo mesmo.
Só tive a certeza, que não era conversa de vendedora, pois ela mencionou uma particularidade da minha mãe, que era de sorrir a cada cinco frases ditas, e perguntou sobre a minha irmã problemática.
Pois segundo a vendedora, ela era a grande preocupação da minha mãe, eu heim,até a hora daquele fatídico constrangimento, pensei ser o único rei da cocada preta!
Mas fazer o que, não é mesmo, a vida é uma caixa de pandora, fechada a sete chaves, e quando menos esperamos, ela se abre, nos revelando coisas que nem imaginávamos.
Este texto tem como objetivo, a descontração, para sair um pouco da rotina das questões humanos, espero que tenham apreciado.
Aliás, só para não perder o habito,quem de nós, nunca passou por alguma situação cômica, em nossas vidas?
Agradeço a todos, pela dedicação de seus preciosos tempo, em ler o meu blog, me sinto profundamente lisonjeado
Paulo RK SP MINDS NAMASTÊ!

9 comentários:

  1. Há momentos que temos receio de deparar com a famosa caixa de pandora de nossas vidas, mas temos que por a esperança para fora e rir de situações que podem nos confortar e nos amadurecer depois. Abraço e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Como comprador de cuecas que sou, e adoro comprar minhas roupas sem a intromissão de ninguém, recomendo a ti as cuecas de viscolaicra, que se moldam perfeitamente ao corpo masculino do homem, não deformando os glúteos ou apertando a genitálha.

    ResponderExcluir
  3. Belo post.
    Comico e emocionante. Momento inesquecível e lembranças eternas.

    ResponderExcluir
  4. Paulo, estou arrasada.
    Voc~e deixou um comentário belíssimo e eu, sem querer, deletei.
    Acho que foi a emoção.

    ResponderExcluir
  5. Não, não. Desculpa. O seu comentário está lá.
    Rsrs
    Brigada.

    ResponderExcluir
  6. Olá meu amigo Paulo!

    Quero antes de tudo contar que fico muito feliz com a forma que se dirige a mim quando comenta meus posts no Alma, muito obrigado!

    Bom... não sei se serve para alguma coisa mas, vou dividir com vc e alguns amigos em comum.
    Eu não sou mimado, mas muitas coisas sempre fizeram para mim, até sair de casa por algum tempo eu na fazia sozinho, motivos meus me impediam um ato simples como o de ir no centro da cidade.

    Cuecas, rsrs eu nunca comprei, geralmente minha mae faz isso, ou acabo ganhando em aniversários e afins.

    Bom meu amigo... eu acho que a vida é sempre uma novidade, um fazer pela primeira vez.

    Um porre ou simplesmente comprar cuecas.

    O meu forte abraço!

    Vinicius.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Paulo!!
    Esse fato não me é estranho.rsrs
    Aqui em casa, compro as roupas para meu marido.
    Ele detesta entrar em loja.
    Tivestes uma boa experiência.
    Um bom final de semana!!
    Bjs!!
    As arteiras

    ResponderExcluir
  8. Siga o teu coração.
    Se você seguir teu coração,
    mesmo que você não acerte,
    você nunca estará errado!

    ResponderExcluir