Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

sexta-feira, 25 de março de 2011

Qual é a sua trilha sonora?


Vou começar esta postagem, com uma pergunta, como é possível uma pessoa viver sem música?
Sim, conheço algumas pessoas, que não ligam para a música, eu me espanto, pois desde que me conheço por gente, nunca fiquei sem um fundo musical, e não consigo imaginar a minha vida, sem elas.
Eu explico, seja lendo algum livro, estudando, tomando banho, antes de dormir, almoçando, ou mesmo no trabalho, todas as minhas atividades básicas, são acompanhadas por alguma trilha sonora.
É comprovado cientificamente, que as músicas ativam o lado que menos usamos dos nossos cérebros, e dizem que a música, foi o alfabeto com que deus escreveu o universo,parece que não tem nada a haver, mas a música é pura matemática.
Não vou me aprofundar muito, nestes temas científicos e filosóficos, pois o meu intuito, é desvendar a incógnita, “como é possível as pessoas viverem sem a música?”
Não sou um músico,mas bem que gostaria de ser, sou apenas um bom apreciador de uma boa música, e de todos os benefícios, que elas podem nos proporcionar, enquanto seres humanos.
Na minha teoria pessoal, acredito que as pessoas que não curtem música, são mais propensas as doenças da alma, como a depressão.
Pois música, é pura vibração, as suas notas parecem tocar as nossas almas, e o mais incrível, ela é atemporal.
Quantas vezes, você já viajou no tempo, sem sair do lugar, apenas ouvindo aquela canção, que em um determinado momento da sua vida, marcou o profundamente?
E aos romances, que você vivenciou, alguma música deve ter tocado o seu coração, ao ponto de faze -La, disparar na primeira audição.Duvido muito que não tenha uma, em especial, que te cause tal comoção.
Me sinto privilegiado por ter crescido dentro de três culturas distintas, a brasileira, a japonesa e a americana.
Hoje tenho três opções de audição, e sempre friso que amo muito a musica popular brasileira, parece que carrego comigo de fabricação (rsrsrsr), por outro lado, escuto com muita freqüência a musica japonesa, principalmente as mais antigas, dos tempos da minha avó, pois é como escutar uma novela falada, elas sempre narram, uma história de vitoria sobre algum fato ou tragédia, e que sempre acabam nos motivando, e as americanas, adoro pelas batidas, (putz, putz, putz.....), mas não é só isso, existem as boas composições gringas, e é onde me apego com todas elas.
Atualmente sou muito eclético, e não me limito a ouvir apenas estes três seguimentos, escuto rocks; árabe, russo, filandes, alemão , mexicano e indiano (e se vocês conhecerem algum de qualidade alternativa, me dê um toque, por favor!)
Ainda que não entenda estes idiomas, a musicalidade de cada uma delas, invadem o meu corpo,tocando e fazendo a minha alma vibrar.
A propósito, já ouviram falar que a música utiliza um código universal?
Espero que neste fim de semana, vocês curtam algum momento, não precisa ser nada especial, um momento qualquer. E escolham uma música, a mais bela trilha sonora de suas vidas, acompanhadas ou acompanhados, por um alguém muito especial, eu te garanto, que daqui a um ano, ao ouvir esta mesma música, você será transportando no tempo. Revivendo e relembrando, todas as coisas boas, que passaram juntos, afinal de contas, um filme sem uma trilha sonora, não tem graça!
Muito obrigado por terem lido esta postagem até o fim, e desejo a todos um ótimo fim de semana, porque hoje é sábado, e é dia de putz, putz, putz.........! Haste lá vista, baby!
Paulo RK SP MINDS NAMASTÊ!

8 comentários:

  1. Olá Paulo!
    como é possivel alguem viver sem música?
    Sinceramente não sei.
    Já existem tera´pias que são bse puramente de musica, musicoterapia.
    Particularmente não consigo ficar um dia se quer sem ouvir um som musical, daquela banda ou cantor que gosto, principalmente músicas que falam de algo, que ensinam, que emocionam...musica, daquela de verdade...enquanto estou escrevendo aqui, a musica tá rolando..rsrs.
    A musica é o doce da vida.

    Bjos musicais neste coração de ouro e tudo de bom pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Olá Paulo!
    A música é fonte de inspiração, calma, romance...Deus do céu, nem me imagino sem musica.
    essa terapia para a alma.

    Bjos..excelente ponto de vista.
    Tudo de bom pra ti. fica na paz, amooo passar aqui, amo ler sua ideias e como escreves.
    Bjão..

    ResponderExcluir
  3. Excelente pergunta, eu também não entendo como alguém pode viver sem música. O meu pai toca violindo e nos colocou nas aulas de piano quando crianças. Ele tinha uma enorme coleção de discos de vinil e ouvia muita música e nós absorvemos o seu amor por ela. Eu não consigo dirigir sem música e tenho-a sempre em minha compania em todos os momentos. Porém, como as pessoas são diferentes entre si, respeito os que preferem o silêncio, só não é a minha praia...
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  4. Também adoro música, Paulinho. Suaves, agitadas, clássicas, MPB, rock, samba...
    Viver sem música é como viver sem alimento.

    ResponderExcluir
  5. Como assim sem música?
    Sou totalmente ligada em música o dia inteiro
    Adoro um cantor que aqui em casa ele faz um baita sucesso
    Ronan Keating
    Mas isso vc já percebeu lá no blog né
    Mas gosto tbm dos brasileiros
    bjux

    ResponderExcluir
  6. Eu bebia música mais do que bebia água....Minha vida é tão ligada a música que por um longo tempo fiz da música minha profissão.Hoje enveredo pelo mundo da psicologia com várias trilhas sonoras , mas a certeza de que ARTE é expressão mais genuína da alma humana.
    Ih, Paulo.....vc sabe que depois de dias é que fui perceber que Alma é o blog do Vinícius....?( risos )
    Gentleman, caçula e distraído até o topo dos cabelos.
    Abração

    ResponderExcluir
  7. oi Paulo,
    Na verdade FUI músico.....Procura Jose Antonio Soares no You Tube...tem umas coisinha lá da época que andava pelos palcos......e a história do Watson tem continuação....
    ABRAÇÃO

    ResponderExcluir
  8. Também nao entendo como alguém pode viver música!
    Quer ver quando perdi meu iPode no metrô, que tristeza! Ainda bem o natal tava perto e eu ganhei outro, ufa! rs
    Estudos comprovam que liberamos dopamina quando ouvimos música, e essa gera o mesmo bem estar de quando temos um orgasmo, é mole????

    ResponderExcluir