Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

quinta-feira, 24 de março de 2011

Ele fala com deus! Como assim?


Ontem me deparei com uma pessoa extremamente difícil de se lidar.
Daqueles que tem uma opinião formado sobre tudo, e sempre tem uma frase pronta para te falar, e o que é pior, a sua disposição de ouvir a opinião alheia, era totalmente nula,ou seja inexistente!
Estava realizando o meu trabalho, com o devido esmero, quando ele começou a puxar assunto; dialogar e executar o meu serviço, nunca foi um problema para mim.
Muito pelo contrário, pois aproveito o canal aberto, para fazer o meu marketing pessoal, mas ontem foi uma exceção, pois o cliente só queria saber de falar, reclamar e criticar a conduta alheia.
O que me atrapalhou o meu desempenho, pois perdi a noção daquilo que estava fazendo, o grau de estresse que este “cliente” me submeteu, foi algo muito torturante.
Pela primeira vez na vida, não via a hora de terminar o meu afazer, e sair correndo, e nunca mais ter que voltar para lá.
Tudo começou quando ele me perguntou qual era a minha religião, assunto bastante delicado, principalmente, quando vamos falar, com pessoas ignorantes.
O meu erro foi falar a verdade, pratico o budismo desde 1.999, e não há nada que me faço mudar de opinião, sobre a veracidade desta filosofia, que se baseia na lei da causa e efeito.
Tudo muito lógico, toda causa tem o seu efeito, se eu planto o mal, e a discórdia, não vou esperar receber coisas boas da vida.
Porque para nós budistas, não existe um deus central, mas uma lei, a qual chamamos de lei mística, perfeita e inexorável, que rege todo este vasto universo.
Ela é imparcial em tudo, não castiga e nem tem preferências por determinadas pessoas, elas só se baseia na sua conduta, se é positiva ou negativa.
O meu adorável cliente, disse que vou queimar no incessante inferno, pois segundo ele, pratico uma forma herética de crença.
Ele disse que fala com deus todos os dias, mas ai eu pensei, como pode falar com deus, se ele própria não ouvi os seus semelhantes?
Se já é difícil escutar as pessoas no mundo real, imagine escutar um ser que ainda residi no inconsciente imaginário das pessoas?
Mas como um bom profissional, fiz a minha parte, e concordei com tudo que ele me falou, inclusive que voltaria para lá no domingo, para irmos junto a igreja.
Talvez eu vá só por curiosidade, pois ele falou que escuta os sermões do padre, será mesmo que ele escuta, ou pensa estar escutando(a voz do seu inconsciente)?
Analisando friamente, e sem a pretensão de dizer que tudo que falo é a verdade,mas, se ele diz conversar com deus todos os dias, como pode ele ignorar os sentimentos, dos seus semelhantes e nem ao menos ouvir o que temos para dizer?
Será que ele nunca ouviu falar em livre arbítrio, e que isto se aplica também na escolha de nossas crenças?
Procuro ter uma relação positiva com os meus clientes, pois afinal de contas, quem paga as minhas contas são eles, no entanto, ontem cheguei ao extremo.
Cheguei ao cumulo de bater o meu dedão, com o martelo duas vezes, e fechei o meu dia com uma baita dor de cabeça.
Mas apesar dos pesares, esta amarga experiência teve um lado positivo, como tudo na vida, para cada experiência negativa, sempre podemos extrair algo de bom.
Isto me fez lembrar o quanto é importante, agirmos positivamente com as pessoas do nosso cotidiano, pois são as atitudes que falam melhor do que as próprias palavras,se eu acredito ou não num deus, vou convencer as pessoas pelas minhas ações, pois palavras podem ser mentirosas!
Não estou criticando as pessoas, ou suas crenças, só critico as atitudes que muitas vezes contradizem o amor que eles dizem cultuar.
Muito obrigado por lerem até o último parágrafo, desejo a todos os meus amigos virtuais e reais, um ótimo fim de semana, independentemente de suas crenças!
Paulo RK SP MINDS NAMASTÊ

11 comentários:

  1. Oi Paulo,

    Eu vou lhe dizer que também não tenho paciência nenhuma para com a ignorância alheia, sei que não sou a dona da verdade, e ninguém o é, mas o problema é que de modo geral todos acreditam que sua verdade e suas crenças são melhores que a dos outros ou mais válidas, enfim o ser humano se embriaga em crendices e acabam julgando os outros em tempo integral, por isso certos assunto não converso com qualquer um, primeiro porque não pretendo converter ninguém e muito menos porque não quero ser convertida, tenho minhas crenças e tento respeitar a dos outros e acho que seria muito mais fácil teríamos menos conflitos, etc se todos fossem mais tolerantes.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu vou lhe dizer sem pudor ou medo algúm, pois tenho direito à minha opinião, que odeio religiões e principalmente a religião evangélica, que é absurdamente intolerante com pessoas que não partilham de sua crença.
    Aprendi a raramente entrar em atrito com esse tipo de gente de mentalidade curta que só enxerga aquilo que lhes é imposto pela religião e nada mais. Evito ao máximo o diálogo com esse tipo de gente mas quando me pego em uma situação semelhante a sua, procuro responder a altura. Se tenho minha opinião repreendida, repreendo a pessoa da mesma forma. Embora esse tipo de gente seja cega a qualquer coisa com a qual não concorde.

    ResponderExcluir
  3. Paulo,

    Sempre gosto de te ler , ... porq será ?
    Rsrs ........ :)

    Respeito é bom e gostamos , né ? ;)
    Como seria bom se as pessoas praticassem tudo
    que dizem ser e crer ...
    Não sou o que se possa chamar de uma pessoa religiosa , digo que meu Deus é tudo aquilo
    que considero ser do Bem e meus princípios.
    No mais , gosto e me sinto bem na igreja
    messiânica,onde vou quando sinto vontade.
    Adoro sentir as músicas , admirar os ikebanas ,
    receber o johrei e bater um papinho gostoso ,... me sinto super em Paz.

    Resumindo :
    Namastê , amigo que adoro !


    Bjo e um Dia cheinho de Paz e Sorrisos.

    ResponderExcluir
  4. Olá meu amigo!!

    Então Paulo, acho complicado quando encontramos esses dogmas da verdade absoluta, acho que no minimo sermos abertos a novas ideias.

    Saber ouvir, entender, vc nao precisa mudar nada,mas adaptar-se ao outro a diversidade de crenças, acho magnifico poder falar a respeito seja lá doq for!

    Estou sempre aberto ao desconhecido, aquilo que nao entendo- busco compreender, posso até nao concordar, mas isso nao faz de mim um dono da verdade mesmo que essa seja a minha!

    Sou kardecista!

    Acho simplesmente perfeito cada explicação a forna que um dialogo é acompanhado como flui e como termina, não existe brexa para duvidas a menos que encontramos pelo caminho um dono da verdade,, rs

    enfim meu amigo... a tua parte foi feita, e tua paciencia merece um premio.. rs

    o meu afetuoso abraço!

    Tenha um ótimo fds!

    Nos encontramos no Alma.

    Vinicius.

    ResponderExcluir
  5. Paulo, o Chimichurri eu compro pronto, é mais pratico. Ele é um tempero muito utilizado na cozinha Argentina, usado para fazer um molho para churrasco. Hoje em qualquer bom supermercado vc encontra.

    Seja sempre bem vindo ao blog, tem muitas receitas boas e baratas ....


    abraço
    Daniel Deywes

    ResponderExcluir
  6. Ola meu amigo... me parece que tivemos esta semana problemas parecidos...
    E na boa.. não tenho a menor paciencia com essas criaturas... não troco uma palavra se quer com elas, quando me perguntam a minha religião, digo: AGNÓSTICO! secamente, friamente.. se me perguntam do que se trata, digo que o Google ecplica melhor que eu... e logo corto assunto... mas quando eu só ouço a conversa alheia, que foi o que aconteceu comigo esta semana.. eu me resigno a reescrever no blog o que a sujeita disse, compartilhando com o pessoas as asneiras dela.

    A Dani Moreno escreveu uma coisa perfeita no meus comentários: "Frequentar uma igreja tanto lhe converte em uma boa pessoa, como frequentar uma garagem lhe converte em um carro."

    Um abraço meu amigo

    ResponderExcluir
  7. O meu Deus mora dentro de mim e toma forma quando pratico o bem, sou solidaria, amiga, compreensiva, fiel...Sou perfeita? Não!!!!! Mas procuro fazer ao meu semelhante o que gostaria que fizessem a mim.

    Bom texto amigo. Quanto a ignorancia, tenha calma, seu cliente um dia aprende.

    Beijos e bom findi.

    ResponderExcluir
  8. Complicado, não é?
    Cada um com suas verdades, imaginando que o outro está redondamente enganado. Rsrs

    ResponderExcluir
  9. Querido Paulo,
    você é a pura expressao do amor nesse texto sabia... e coisas assim incomodam aos que sao inaptos disso.

    Delete esse ser e continue exercendo humildemente sua funcao de ser humano, que sabe a postura que deve ter diante de pessoas menos privilegiadas, como essa aí. Mas por outro lado, essas sao as pessoas que exercitam a tua compreensão da vida, das diferenças, e te poe num patamar lá em cima, porque você evolui com elas. Bendiga a escuridão também!

    Cada passo que damos é uma superação da batalha mundana, como você mesmo usou a expressao (aliás, amei tanto isso), e eu desejo que você só tenha alimentado ainda mais o combustível da superioridade em "ser".

    Grande beijo, tua presença é iluminada em meu CaFoFo!

    ResponderExcluir
  10. Oi amigo...

    Tem selinho para vc no endereço:

    http://quemmoradentrodemim.blogspot.com/2011/03/selinho-esse-blog-nao-e-escola.html

    Beijos e bom domingo.

    ResponderExcluir
  11. Paulo.Eu creio em um Deus único.E me orgulho disso.Mas concordo plenamente que as atitudes valem mais que as palvras.Somos testemunhos vivos do que fazemos ,pensamos,e sentimos.
    Até porque só falamos do que o coração está cheio.Então..Quero encher meu coração de amor!
    Beijo .

    ResponderExcluir