Paulo Rk

Paulo Rk
Contemplação da mente

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Somos os verdadeiros super heróis na arena da vida


Não sou o homem aranha, super homem ou o incrível Batman, mas aprendi muito cedo que ter grandes poderes implica em termos grandes responsabilidades.
Responsabilidades de ser um ser humano, para alguns, pode parecer pouco, mas acredito e a despeito da força física, que estes super heróis possuem , a condição e as responsabilidades de sermos, o que somos, supera em muito a capacidade extraordinária deles.
Citarei alguns exemplos, que muitos vão concordar, e algumas outras discordar.
Manter a nossa sanidade mental, vivendo numa arena chamada sociedade, entre pessoas que não tem noção de suas obrigações e direitos, é mesmo uma batalha, e desafio constante .
Sabe o que é tentar ser feliz, e as pessoas a sua volta, não fazer absolutamente nada para melhorar as suas vidas, e ainda ter que ouvir críticas delas, afirmando que você não se importa com os outros?
Será mesmo que o super homem, suportaria viver ao lado delas?
Ter que viver num país onde os impostos são os mais caros do mundo, e as condições são as mínimas possíveis, e ainda ter gente ao teu lado, fingindo que está tudo bem, e se achando melhor do que eu, só porque conseguem ser felizes mantendo as aparências.
Uma perguntinha , quando é que essa gente vai acordar, e se conscientizar da tragédia social em que nos encontramos?
O fim do ano está chegando, e logo em seguida teremos o carnaval, lindo e maravilhoso, mas as pessoas continuam sempre fazendo as mesmas coisas, fechando os olhos para a realidade, ignorando os nossos verdadeiros direitos ,como cidadãos contribuintes.
Pagamos muito caro, pelos direitos garantido pela constituição de locomoção, a condução de São Paulo é uma das mais caras do mundo, e ainda não temos metro que funcione 24 horas.
Então vivo num dilema, comprar um carro atualmente é muito fácil, mas o que não suporto é a ideia de ter que desembolsar, para sustentar a indústria de impostos, que deveria ser ao meu ver, menos abusivas!
Será que Peter Parker, sobreviveria num país como o nosso , contando apenas com seus poderes aracnídeos?
Quantas oportunidades de trabalho na madrugada perdi, por conta deste dilema, pois acho que São Paulo uma grande metrópole , uma cidade que não para, deveria ser como Nova York , ter pelo menos um transporte que funcionasse 24 horas.
Mas reclamar para quem?

Se a preferencia da grande maioria, parece ser sustentar a indústria dos impostos, e enriquecer os corruptos, negando os seus verdadeiros direitos de locomoção, sem ter que pagar mais por eles.
Uma andorinha sozinha não faz verão, e um super herói não poderia concertar o mundo sozinho, e a Marvel resolveu mais uma vez, reunir todos eles para combater o mal, pelo menos no cinema.
A indústria cinematográfica tem esse dom, o poder de nos fazer sonhar com que não existe, quanto a mim, um simples cidadão contribuinte.
E apesar da grande responsabilidade, de ter que pagar os impostos mensalmente, fingirei estar bem, aliás como todos fazem, mostrando ao mundo que sou feliz, por viver num pais maravilhoso(fato), com um futebol que já foi incrível e um carnaval de tirar o folego.
Somos ou não, verdadeiros heróis, com grandes responsabilidades (impostos) mas com poderes questionáveis (direitos)?
Paulo RK

6 comentários:

  1. definitivamente somos os verdadeiros super heróis ...

    ResponderExcluir
  2. Olá meu amigo!

    Passando para ler você, fazia tempo que não vinha por aqui.Muito bom gostei muito do post!

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. Você pode me achar pessimista Laupo, mas eu me considero realista. Deixei de me importar tanto com o estado da sociedade humana e passei a ser mais egoísta, me preocupando apenas em me manter vivo e ativo nesse mundo.
    As pessoas nunca vão se conscientizar de nada, o mundo não vai melhorar, muito pelo contrário, sua tendência é piorar. Eu parei de me incomodar tanto com vocês humanos quanto me incomodava antes, por ter aceitado isso, aceitado que a humanidade está em vias de extinção causada pela própria ignorância.

    ResponderExcluir
  4. "...Hoje o herói aguenta o peso
    Das compras do mês
    No telhado, ajeitando
    A antena da tevê..."
    (Jorge Vercillo)

    Somos heróis da resistência meu amigo querido!!
    Posso dizer que a Mulher Maravilha ficaria boba com meus super poderes de mãe, esposa, trabalhadora, filha...etc...
    Gostei muito da verdade de teu texto, como sempre!
    E vc? Quando vem me visitar?? Sabe que adoro seus comentários, ninguém me escreve como você!
    Não gosto de ver meus textos ali sem seus comentários sempre tão cheios de amor e verdades.
    Bjs...fica na Paz!
    Sua amiga
    Borboleta

    ResponderExcluir
  5. Paulo querido amigo!
    Seu olhar não é somente crítico, mas também de muita sensibilidade sobre nós, humanos, e ao mesmo tempo heróis de uma vida louca, de trabalho diário e poucos recursos que o país oferece.
    Por isso é importante férias, chega uma hora que vamos ficando estressados de um jeito que a única solução é dar uma paradinha e respirar.
    Estou em férias e fazendo justamente isso neste momento, meu marido anda pra lá de super herói cansado. hehe
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  6. As vezes acho que somos verdadeiros malabaristas tentando se equilibrar em cordas finas.
    Superando obstaculos, vencendo barreiras e mantendo a esperança de um amanha mais feliz a gente segue em frente ....
    abraços

    ResponderExcluir